Sociedades de Garantia de Crédito defendem marco regulatório para o setor

26 de setembro de 2013

Economia



Sociedades de Garantia de Crédito defendem marco regulatório para o setor
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-26/sociedades-de-garantia-de-credito-defendem-marco-regulatorio-para-setor
Sep 26th 2013, 20:29

Cristina Indio do Brasil

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - As Sociedades de Garantia de Crédito (SGC), que atendem a micro e pequenas empresas, defenderam a implantação de um marco regulatório durante o 18º Fórum Ibero-Americano de Sistemas de Garantias e Financiamento para as Micro e Pequenas Empresas, organizado pelo Sebrae e pela Rede Ibero-Americana de Garantias (Regar).
Para o consultor do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central (BC), Cleofas Salviano Júnior, que participou do evento, o marco deve resultar de um debate entre o governo, as empresas e parceiros, como o Sebrae. O Banco Central estuda uma proposta para a regulação, mas ainda não há perspectivas de quando ficará pronta.
O diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, informou que o setor tem, atualmente, R$ 45 milhões em garantias com bancos e cooperativas e deve atingir R$ 500 milhões até o fim de 2016. "Isso está crescendo, de forma muito rápida. A autoridade monetária [Banco Central] começa a olhar com os olhos que é da função do Banco Central. Trata-se aqui também da gestão de riscos de créditos", explicou à Agência Brasil.
Segundo o Sebrae, as sociedades representam uma alternativa para quem busca recursos para investir em um pequeno negócio e encontra barreiras na hora de apresentar garantias às instituições financeiras. "São entidades que disponibilizam às associadas recursos financeiros, privados ou públicos, com o objetivo de prestar garantia complementar (aval) às operações das micro e pequenas empresas associadas", além de prestar assessoria empresarial.
O presidente da Garantiserra, criada em 2003 e a primeira SGC do Brasil, Angelo Mestriner, espera que em 2015 o setor já tenha um marco regulatório. "Hoje, o sistema financeiro não nos reconhece como entidade formal", disse. Ele lembrou que as sociedades surgiram no momento em que as micro e pequenas empresas enfrentavam grande dificuldade em conseguir crédito no mercado.
"Hoje está mais fácil. Os bancos oficiais, como o Banco do Brasil, oferecem crédito e baixam as taxas de juros. Mas antes as dificuldades das empresas eram grandes", contou.
O consultor do Banco Central, Cleofas Salviano, avalia que o sistema de cooperativas de crédito pode ser um ponto de partida para a formulação do marco regulatório. O presidente da Garantiserra também defendeu o modelo. "Nós somos altamente similares a uma cooperativa. O que está se pensando é adaptar a regulamentação do cooperativismo, trocar uns detalhes e já teremos 90% do caminho andado para a regulamentação", disse Mestriner.
Atualmente, estão em operação cinco Sociedades de Garantia de Crédito no país. Mais sete devem começar a operar até o fim do ano em Minas Gerais, na Paraíba, no Rio de Janeiro e no Paraná. Para 2014, a expectativa é a criação de nove em Goiás, no Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, no Tocantins e em Minas Gerais.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2018 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni