Executivo da Shell diz que investir em Libra é uma importante oportunidade

22 de outubro de 2013

Economia



Executivo da Shell diz que investir em Libra é uma importante oportunidade
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-21/executivo-da-shell-diz-que-investir-em-libra-e-uma-importante-oportunidade
Oct 21st 2013, 22:39

Douglas Corrêa

Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Um consórcio de cinco empresas, formado pela Shell, Petrobras, Total, CNPC e Cnooc, ganhou hoje (21) um contrato de 35 anos para desenvolver o reservatório de Libra, na camada do pré-sal da Bacia de Santos. A Agência Nacional do Petróleo (ANP) estima que os recursos recuperáveis de Libra possam variar entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris de petróleo.
"A descoberta de petróleo em Libra, no Brasil, é uma das maiores acumulações de petróleo em águas profundas do mundo e estamos ansiosos para aplicar a nossa experiência global e tecnologia no apoio ao desenvolvimento exitoso dessa importante oportunidade", disse o diretor executivo do grupo Royal Dutch Shell, Peter Voser.
A Shell detém 20% do consórcio vencedor. A Petrobras, como operadora, tem 40%. A Total, com 20%, além de CNPC e Cnooc, cada uma com 10%, completam o grupo, que trabalhará em conjunto e de forma integrada para apoiar a Petrobras, operadora de maior experência no pré-sal brasileiro, incorporando as habilidades em águas profundas, o pessoal e a tecnologia de cada uma das empresas para o sucesso do empreendimento.
O contrato de partilha de produção deve ser assinado em novembro de 2013. Como parte da proposta vencedora, a petrolífera Shell pagará R$ 3 bilhões - equivalentes a 20% do total do bônus de assinatura de R$ 15 bilhões - e cumprirá o programa mínimo de trabalho para "declarar comercialidade" até o fim de 2017.
O reservatório de Libra está localizado em águas ultraprofundas na Bacia de Santos, a cerca de 170 quilômetros da costa do Rio de Janeiro. O bloco cobre aproximadamente 1.550 quilômetros quadrados a uma profundidade média de 2 mil metros de lâmina d'água. Estima-se que a acumulação de óleo esteja a cerca de 3.500 metros abaixo do fundo do mar. A ANP avalia que o pico de produção possa chegar a 1,4 milhão de barris por dia. Estudos adicionais serão necessários para confirmar a estimativa, o conceito de desenvolvimento e uma data para o primeiro óleo.





Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Locais
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2019 © DVRG - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni