Mantega prevê que o Fed vai manter estímulos à economia norte-americana até o próximo ano

9 de outubro de 2013

Economia



Mantega prevê que o Fed vai manter estímulos à economia norte-americana até o próximo ano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-09/mantega-preve-que-fed-vai-manter-estimulos-economia-norte-americana-ate-proximo-ano
Oct 9th 2013, 11:27

Daniel Lima

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O baixo crescimento da economia norte-americana deverá adiar a "desativação dos estímulos" dados pelo governo Barack Obama, e não a indicação da nova presidenta do Federal Reserve (Fed) - o Banco Central dos Estados Unidos - a economista Janet Yellen. A avaliação foi feita hoje (9) pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, que prevê a manutenção dos incentivos econômicos até o próximo ano.
O ministro admitiu que não ouviu pronunciamento da indicada por Obama, mas fez questão de lembrar a situação da economia dos Estados Unidos e as consequências para a política monetária.
"O que vai adiar a desativação dos estímulos é o baixo crescimento da economia americana. A economia americana não tem dado sinais de vigor. Tem crescido abaixo das expectativas. E é isso que vai determinar se haverá continuação dos estímulos. Portanto, acho que está prorrogada a retirada dos estímulos para o próximo ano", disse.
Janet Yellen, cujo nome foi anunciado ontem por Obama, é a atual vice-presidenta do Fed. Ela sucederá Ben Bernanke, cujo mandato acaba em 31 de janeiro de 2014. A economista é a primeira mulher a ocupar a presidência do Banco Central norte-americano.
No último dia 18, o Fed anunciou que manteria o programa de estímulo à economia que irriga o mercado norte-americano com US$ 85 bilhões, em média, por mês, mas não definiu prazo para continuidade da política.
O mercado financeiro aguardava que o Fed iniciasse a redução desses estímulos. Essa expectativa, nos últimos meses, levou à alta do dólar no Brasil e em outros países. Com isso, o governo brasileiro adotou, entre outras medidas, as intervenções no mercado de câmbio, para suavizar a alta da moeda. Após a decisão, o dólar recuou, embora acumule alta este ano.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni