Indústria brasileira amplia percentual da receita investido em pesquisa e desenvolvimento

6 de dezembro de 2013

Economia



Indústria brasileira amplia percentual da receita investido em pesquisa e desenvolvimento
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-06/industria-brasileira-amplia-percentual-da-receita-investido-em-pesquisa-e-desenvolvimento
Dec 6th 2013, 13:23

Pedro Peduzzi

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A indústria brasileira dedicou, entre 2008 e 2011, uma fatia maior da receita líquida obtida com vendas para os investimentos na área de pesquisa e desenvolvimento. Apesar disso, no mesmo período, o percentual desse tipo de investimento em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) ficou praticamente estável, segundo nota técnica divulgada hoje (6) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).
O estudo tem por base dados da Pesquisa de Inovação (Pintec) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). "O que vemos é que esses investimentos têm sido feitos principalmente nos setores da indústria nacional, onde esses tipos de investimentos se fazem necessários, o que representa um bom sinal", disse a diretora de Estudos Setoriais do Ipea, Fernanda De Negri.
É o caso dos setores de alta intensidade tecnológica (indústria aeroespacial, farmacêutica, eletrônica, de informática, telecomunicações e de instrumentos), que em 2008 investiam 1,89% da receita líquida e em 2011 passaram a investir 2,28%. Houve aumento também nas indústrias de média-alta intensidade tecnológica (material elétrico, veículos automotores, química, ferroviária e de equipamentos de transporte, máquinas e equipamentos), que, no mesmo período cresceram o percentual de investimentos de 1,13% da receita líquida com vendas para 1,27%.
De acordo com a nota técnica do Ipea, em 2008 a indústria da transformação, como um todo, investia 0,75% da receita líquida de vendas em pesquisa e desenvolvimento. Esse percentual aumentou para 0,83% em 2011. No mesmo período, os gastos em atividades internas em pesquisa e desenvolvimento, que representavam 0,58% do PIB em 2008, ficou praticamente estável em 2011, quando ficou em 0,59%.
Segundo o Ipea, a parte da indústria corresponde a 70% dos investimentos feitos em pesquisa e desenvolvimento. "O país está investindo mais, mas devido à conjuntura econômica de crise, [a indústria] perdeu espaço no PIB. Esse setor foi bastante afetado pela crise de 2008", disse a pesquisadora. "Crescimento mais significativo ocorreu no intervalo entre 2005 e 2008, quando passou de 0,54% para 0,58%. Essa variação não é pouca coisa, porque representa uma variação de quase 10%", acrescentou Luiz Ricardo Cavalcante, coautor do estudo.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni