Petrobras cria gerência executiva para cuidar das atividades no Campo de Libra

23 de dezembro de 2013

Economia



Petrobras cria gerência executiva para cuidar das atividades no Campo de Libra
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-23/petrobras-cria-gerencia-executiva-para-cuidar-das-atividades-no-campo-de-libra
Dec 23rd 2013, 22:01

Nielmar de Oliveira

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - A Petrobras anunciou hoje (23) a criação de uma gerência executiva para cuidar das atividades de exploração e produção do Campo de Libra, localizado na área do pré-sal da Bacia de Santos e recentemente licitado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
O campo foi arrematado pelo consórcio formado pela Petrobras e pelas empresas Shell, Total, CNPC e Cnooc. Foi o primeiro leilão feito pelo governo federal na região do pré-sal sob o regime de partilha – em que parte do petróleo extraído fica com a União.
Em nota, a Petrobras informou que "a decisão decorre da importância dessa nova atividade e da necessidade de se ter uma estrutura organizacional dedicada à condução de todas as atividades de exploração, e futuramente de produção deste novo contrato de partilha".
A nova gerência executiva para a área de Libra, denominada E&P Avaliação Exploratória, Desenvolvimento da Produção e Gestão dos Investimentos de Libra (E&P-Libra), ficará sob o comando da engenheira de petróleo Anelise Quintão Lara. Entre suas atribuições estão "delimitar, conceber, gerir os investimentos e implantar os projetos de desenvolvimento da produção de Libra, sob o regime de partilha da produção".
Na nota, a Petrobras explica que as mudanças anunciadas (que incluem fusões e mudanças de gerências) visam a ajustar a estrutura organizacional da empresa aos novos desafios para os próximos anos, em especial para a complexidade, a diversidade e a relevância estratégica das atividades de concepção e desenvolvimento da produção na área de Libra.
A Petrobras é operadora da área de Libra com participação de 40% no consórcio, com os demais sócios, Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e Cnooc (10%), e com a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA), que vai representar a União nos acordos formados para execução dos contratos de partilha.
Avaliação da própria ANP indicam que, somente com o desenvolvimento do Campo de Libra, as reservas nacionais de petróleo deverão dobrar, uma vez que a agência estima que o volume de óleo recuperável no novo campo fique entre 8 bilhões a 12 bilhões de barris, enquanto as reservas nacionais provadas são hoje de cerca de 15 bilhões de barris.
Estimativas indicam que Libra chegue a produzir 1,4 milhão de barris por dia. Hoje, a produção nacional de petróleo alcança pouco mais de 2 milhões de barris de petróleo por dia.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni