Bancários fecham 7.282 agências no segundo dia de greve

20 de setembro de 2013

Economia



Bancários fecham 7.282 agências no segundo dia de greve
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/bancarios-fecham-7282-agencias-no-segundo-dia-de-greve
Sep 20th 2013, 19:24

Stênio Ribeiro

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A greve dos bancários ganhou força hoje (20) com o fechamento de 7.282 agências e postos de atendimento em todo o país. Foram 1.143 agências a mais que na véspera, o que equivale a crescimento de 18,5% em relação às 6.145 unidades fechadas no primeiro dia de greve.
O balanço foi divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), no início da noite, depois de os sindicatos regionais avaliarem o movimento de adesões nesta sexta-feira. De acordo com o Comando Nacional da categoria, a greve está se ampliando rapidamente em todo o país. Além capitais e regiões metropolitanas, os bancários também pararam em cidades do interior do país.
De acordo com Carlos Cordeiro, presidente da Contraf e coordenador do Comando Nacional dos Bancários, o aumento de adesões nos dois primeiros dias de greve "reflete a insatisfação da categoria com a postura intransigente dos bancos", que insistem em dar reajuste de apenas 6,1%, que é a reposição da inflação nos últimos 12 meses, enquanto os bancários pedem 11,93% – índice que inclui a inflação e 5% de ganho real.



Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, Eduardo Araújo, a greve paralisou 70% das agências e postos de atendimento bancário de instituições públicas e privadas no Distrito Federal, no primeiro dia do movimento. Segundo ele, as paralisações atingiram 85% e, enquanto a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) "se fingir de morta", a categoria seguirá ampliando a greve. "Quanto maior o descaso e a intransigência dos bancos, maior será nosso movimento", disse.
A Fenaban informou, por meio de nota, tem uma prática de negociação pautada pelo diálogo com as lideranças sindicais, resultando em uma valorização constante da Convenção Coletiva do Trabalho. "Nos últimos anos, porém, tem sido recorrente que as lideranças sindicais tenham um calendário próprio para deflagração de greve, independente dos espaços de negociação. A Fenaban lamenta essa posição dos sindicatos, que causa transtorno à população, e reitera que a maioria das agências e todos os canais alternativos, físicos e eletrônicos, está funcionando. Os bancos respeitam o direito à greve, entretanto, farão tudo que for necessário e legalmente cabível para garantir o acesso da população e funcionários aos estabelecimentos bancários", informou a nota.
Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Governo revê estimativa de crescimento do PIB para 2,5%

Economia



Governo revê estimativa de crescimento do PIB para 2,5%
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/governo-reve-estimativa-de-crescimento-do-pib-para-25
Sep 20th 2013, 17:40

Mariana Branco

Repórter da Agência Brasil


Brasília – O Relatório de Receitas e Despesas do quarto bimestre, divulgado hoje (20) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, prevê crescimento de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas de um país). O documento do terceiro trimestre previa crescimento de 3% para o PIB. O relatório bimestral continua trabalhando com inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a 5,7% e taxa de câmbio média a R$ 2,09.
O relatório registra ainda aumento de R$ 4,7 bilhões nas receitas líquidas primárias com relação ao terceiro bimestre, em função de mudança na previsão de alta da arrecadação previdenciária, de receitas de concessões, do complemento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e outros.
Do lado das despesas, o documento registra acréscimo igual de R$ 4,7 bilhões. O volume é direcionado à Conta de Desenvolvimento Energético (R$ 1,9 bilhão), abono e seguro-desemprego (R$ 1,5 bilhão), créditos extraordinários (R$ 1,3 bilhão), subsídios (R$ 1 bilhão) e sentenças judiciais relativas a benefícios previdenciários (R$ 612 milhões). Há também cortes no valor de R$ 1,6 bilhão, incluindo redução de R$ 568,2 milhões na complementação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e corte de R$ 543,9 milhões nos gastos com pessoal, sentenças judiciais e anistiados.
O relatório de receitas e despesas é enviado ao Congresso Nacional a cada dois meses. O documento traz uma revisão das receitas e despesas previstas na Lei Orçamentária do exercício, prevendo novos cortes ou autorizando novas liberações nas despesas discricionárias.
Edição: Nádia Franco//O texto foi ampliado às 16h46
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Lobão: ausência de grandes empresas não vai comprometer sucesso do leilão do pré-sal

Economia



Lobão: ausência de grandes empresas não vai comprometer sucesso do leilão do pré-sal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/lobao-ausencia-de-grandes-empresas-nao-vai-comprometer-sucesso-do-leilao-do-pre-sal
Sep 20th 2013, 17:25

Sabrina Craide

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje (20) que a ausência de grandes petroleiras no primeiro leilão do pré-sal, marcado para o dia 21 de outubro, não vai comprometer o sucesso da licitação. Ele convocou uma entrevista à imprensa para esclarecer que o governo está "plenamente convencido do sucesso do leilão", que está assegurado pelo interesse demonstrado pelas empresas inscritas, entre elas algumas das maiores petroleiras do mundo, segundo ele.
Ontem (19) a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou a lista com as 11 empresas que pagaram taxa de participação para a o primeiro leilão do pré-sal, referente ao Campo de Libra, na Bacia de Santos. A lista não inclui grandes empresas petrolíferas como Exxon, Chevron, British Petroleum (BP) e British Gas (BG).
Entre as empresas inscritas, três têm capital chinês: Cnooc International Limited (China), China National Petroleum Corporation (CNPC) e Repsol/Sinopec (Hispano-Chinesa). As demais são a Ecopetrol (Colômbia), Mitsui & CO (Japão), ONGC Videsh (Índia), Petrogal (Portugal), Petrobras, Petronas (Malásia), Shell (Anglo-Holandesa) e Total (Francesa). As empresas ainda terão que passar por um processo de habilitação para participar da licitação.
O ministro criticou o pessimismo de analistas em relação ao leilão, por causa da ausência de grandes empresas. Ele também disse que não se justifica a crítica ao fato de algumas das empresas que pretendem participar da licitação serem estatais. "Qual o mal nisso? A Petrobras é considerada estatal e é um orgulho brasileiro e uma grande petroleira nacional e com grande experiência em exploração em águas profundas", disse.
Lobão esclareceu que, se houver apenas um consórcio apresentando propostas no dia 21 de outubro, o leilão não será comprometido. "Isso não mudaria nada, porque o bônus de assinatura e o mínimo de óleo que deverá ser destinado para a União teria que ser cumprido. Mas acreditamos que haverá mais de um consórcio, dois ou três", disse o ministro.
A empresa vencedora será a que reverter o maior percentual do petróleo excedente à União. A Petrobras terá participação de no mínimo 30% no consórcio vencedor. A empresa que vencer o leilão terá que pagar um bônus de assinatura à União de R$ 15 bilhões.
Para o ministro, a ausência de empresas americanas na licitação do pré-sal não está relacionada às denúncias de espionagem envolvendo o governo dos Estados Unidos e a Petrobras. "As empresas que deixaram de participar tiveram as suas razões e eu não quero entrar na intimidade delas. As que estão inscritas são grandes empresas, são tranquilizadoras com a sua presença e elas darão sucesso a este que será um dos leilões mais importantes da história no mundo", disse Lobão.
A área a ser licitada tem cerca de 1,5 mil quilômetros quadrados. O volume de petróleo recuperável deverá oscilar entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris.
Edição: Juliana Andrade
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Começa leilão para venda da sucata de 17 aviões da Vasp

Economia



Começa leilão para venda da sucata de 17 aviões da Vasp
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/comeca-leilao-para-venda-da-sucata-de-17-avioes-da-vasp
Sep 20th 2013, 17:37

Alana Gandra

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Começou hoje (20), pela internet, o leilão para a venda da sucata de 17 aviões da antiga Viação Aérea São Paulo (Vasp). As propostas poderão ser apresentadas por pessoas físicas ou jurídicas até o dia 30, no site do leiloeiro Sérgio Freitas. Neste dia ocorrerá o fechamento do pregão, na Casa de Portugal, em São Paulo.
Serão leiloadas 448 toneladas de sucata, provenientes do desmonte de 16 Boeings e um Airbus A 300. O material se encontra nos aeroportos de Guarulhos (quatro aeronaves) e Campinas (uma), no estado de São Paulo; Salvador (três); Brasília (três); Recife e Manaus (dois aviões cada); Galeão e Confins (uma aeronave cada).
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informa que todos os aviões são considerados sucata. O lance mínimo varia de R$ 12 mil a R$ 42 mil. "Eles têm a forma de um avião, mas não são mais considerados como tal", disse hoje (20) à Agência Brasil o juiz Daniel Carnio Costa, titular da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central de São Paulo, responsável pelo processo de falência da Vasp. A avaliação dos bens para o leilão se baseou no custo do material reciclável. As empresas de material reciclável têm sido as maiores compradoras de bens de sucata da Vasp.
O juiz acrescentou que a maioria das aeronaves não foi desmontada. Isso só ocorreu no Aeroporto de Recife, que abrigava dois aviões da antiga companhia aérea. Outros aviões serão leiloados inteiros. Nesse caso se encontra uma aeronave que está no Aeroporto de Confins e apresenta uma característica diferenciada. Trata-se de um Boeing 737-200 PAX, prefixo PP-SMA, avaliado em R$ 18 mil. "É a primeira aeronave do modelo a voar no Brasil. Há um interesse histórico, de preservação da história da aviação nacional e da própria companhia, que foi muito importante para o país", destacou o juiz.
Para o 727-200 houve manifestação de interesse por parte do Museu da TAM e de uma universidade de Minas Gerais, que pretende aproveitar a sucata para desenvolver um projeto cultural para crianças e adultos. Daniel Costa disse que a Justiça de São Paulo vai levar em consideração a destinação que será dada à aeronave mas, "o fator principal é a competição por preço. Porque todos os valores arrecadados com a sucata e os demais bens da Vasp são revertidos para o pagamento dos credores".
Agora, terão prioridade no pagamento os trabalhadores que aguardam desde 2008 para receber, pelo menos, parte do que é devido. "Eles são os próximos da lista". Costa disse que nessa etapa o pagamento é limitado a até 150 salários mínimos para cada trabalhador.
No ano passado, com os leilões efetuados, a 1ª Vara de Falências e Recuperações da Comarca de São Paulo conseguiu pagar a todos os cerca de mil credores extraconcursais, que englobam funcionários e fornecedores que tiveram vínculo com a empresa durante o período em que ela esteve em recuperação judicial, entre 2005 e 2008. As mil famílias receberam cerca de R$ 30 milhões.
A dívida da Vasp é estimada em R$ 5 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão em débitos trabalhistas. O juiz informou que o Aeroporto de Congonhas (SP) foi liberado da sucata de aeronaves da Vasp. Eram 12 aeronaves, das quais uma foi arrematada inteira, no ano passado, por um empresário de Araraquara, que nela montou um restaurante.
Outros leilões estão programados e incluem bens que estavam na sede da companhia, de interesse específico para colecionadores do ramo de aviação civil. "A gente não pode desperdiçar nem uma agulha. Não dá para desperdiçar nada porque, se a gente conseguir, com isso, pagar mais dez ou 20 famílias, já vale a pena. São 20 famílias a mais recebendo o que é devido. Essa é a nossa ideia".




Edição: Beto Coura

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Edison Lobão fala sobre o leilão do pré-sal

Economia



Edison Lobão fala sobre o leilão do pré-sal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-09-20/edison-lobao-fala-sobre-leilao-do-pre-sal
Sep 20th 2013, 17:28

Brasília - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a ausência de grandes petroleiras no primeiro leilão do pré-sal, marcado para o dia 21 de outubro, não vai comprometer o sucesso da licitaçãoBrasília - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a ausência de grandes petroleiras no primeiro leilão do pré-sal, marcado para o dia 21 de outubro, não vai comprometer o sucesso da licitaçãoBrasília - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a ausência de grandes petroleiras no primeiro leilão do pré-sal, marcado para o dia 21 de outubro, não vai comprometer o sucesso da licitação



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Conab negocia 86,15% dos contratos de opção de venda de café

Economia



Conab negocia 86,15% dos contratos de opção de venda de café
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/conab-negocia-8615-dos-contratos-de-opcao-de-venda-de-cafe
Sep 20th 2013, 10:31

Da Agência Brasil
Brasília - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) negociou 86,15% dos 10 mil contratos de opção de venda de café, em leilão realizado hoje (20). Cada contrato refere-se a 100 sacas de café arábica (seis toneladas).
Foi o segundo leilão da série anunciada pelo governo em agosto. No total, serão três pregões, cujos contratos abrangerão 3 milhões de sacas de café de 60 quilos (kg), a R$ 343 cada e exercício da opção para março de 2014. O terceiro leilão está programado para o próximo dia 27.
De acordo com a Conab, na primeira comercialização, que ocorreu no último dia 13, foram arrematados 85,6% dos contratos. Minas Gerais e São Paulo negociaram todos os papéis disponíveis (7 mil e 1,4 mil, respectivamente). No Paraná, foram vendidos 80 dos 500 ofertados; na Bahia, 65 de 400; e no Espírito Santo, 20 de 700. Segundo a Superintendência de Operações da Conab (Suope), os títulos que não forem comercializados nas duas primeiras operações poderão ser ofertados no leilão final.
A companhia informou que o objetivo do governo federal com esses leilões de contrato de opção é apoiar a comercialização de café e garantir um preço futuro do produto, que está em queda nos mercados internacional e doméstico. Em maio, o governo federal elevou o preço mínimo da saca de 60 kg do café arábica de R$ 261,69 para R$ 307, mas o valor foi considerado insuficiente pelos cafeicultores.
A Conab informou ainda que o governo já disponibilizou R$ 5,8 bilhões para auxiliar a cafeicultura brasileira, sendo que R$ 1,05 bilhão desse valor são destinados à realização de leilões de contratos de operações de venda.
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil




You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Índice oficial registra inflação de 0,27% na prévia de setembro

Economia



Índice oficial registra inflação de 0,27% na prévia de setembro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-20/indice-oficial-registra-inflacao-de-027-na-previa-de-setembro
Sep 20th 2013, 09:47

Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - A prévia de setembro da inflação oficial do país, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), registrou taxa de 0,27%. O índice é superior ao 0,16% observado na prévia do mês anterior. O dado foi divulgado hoje (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A alta foi puxada principalmente pelos gastos com transportes, que subiram 0,3% na prévia de setembro. Na prévia de agosto, esse grupo de despesas havia registrado deflação (queda de preços) de 0,3%. Somente a alta de preços de 16,08% das passagens aéreas responderam por quase um quarto da inflação da prévia de setembro.
Os alimentos, que também haviam registrado deflação (-0,09%) em agosto, passaram a ter alta de preços (0,04%) em setembro. A inflação do grupo alimentação e bebidas foi puxada pelos aumentos de preços de produtos como pão francês (2,8%), farinha de trigo (2,68%), macarrão (1,46%), leite longa vida (2,34%) e frutas (1,88%).
Os demais grupos registraram as seguintes taxas na prévia de setembro: habitação (0,53%), artigos de residência (0,52%), vestuário (0,37%), saúde e cuidados pessoais (0,56%), despesas pessoais (0,16%) e educação (0,12%). Apenas o grupo comunicação registrou deflação (-0,07%).
No acumulado de 2013, a taxa está em 3,97%, acima da observada em igual período do ano passado (3,81%). Já no acumulado dos últimos 12 meses, a inflação chega a 5,93%, inferior ao índice dos 12 meses imediatamente anteriores: 6,15%.
Edição: Talita Cavalcante
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92



Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni