Comissão de Ética autoriza diretora da ANP a ocupar cargo na empresa do pré-sal

9 de dezembro de 2013

Economia



Comissão de Ética autoriza diretora da ANP a ocupar cargo na empresa do pré-sal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/comissao-de-etica-autoriza-diretora-da-anp-ocupar-cargo-na-empresa-do-pre-sal
Dec 9th 2013, 21:21

Paulo Victor Chagas

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A Comissão de Ética da Presidência da República concluiu hoje (9) que a diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, pode acumular o cargo com a função de integrante do Conselho de Administração da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A., ou Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA), que vai gerenciar a exploração do petróleo do pré-sal.
O conselheiro da comissão, Horácio Raymundo de Senna Pires, relator do caso, apresentou o voto, argumentando que não há impedimento no acúmulo de cargos, sendo acompanhado pelos demais conselheiros. Segundo o relator, os órgãos são complementares e a indicação de Magda Chambriard para assumir o posto de conselheira foi institucional.
A PPSA foi criada por decreto em agosto, como empresa pública com sociedade anônima de capital fechado, vinculada ao Ministério de Minas e Energia. Será responsável por gerenciar os contratos de partilha e representar a União nos consórcios formados para a execução dos contratos.
Magda foi nomeada pela presidenta Dilma Rousseff para o cargo no conselho, no último dia 6 de novembro. O prazo de gestão do conselho, de acordo com decreto presidencial, é quatro anos. Segundo o presidente da comissão, Américo Lacombe, não há conflito neste caso, já que seria necessário um representante do governo no Conselho de Administração da PPSA.
"A agência reguladora do petróleo tem como uma das suas funções a fiscalização da eficiência do serviço através da nova empresa [PPSA] e a União tem a obrigação de indicar um representante, que deve ser o mais qualificado possível", disse o conselheiro Horácio Raymundo.
De acordo com o relator, "nessa situação nada melhor do que alguém que integra a ANP para participar como um elemento de gestão e fiscalização dos interesses públicos envolvidos".
Horácio Raymundo informou ainda ter recebido hoje as explicações da ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, sobre uso de um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal durante deslocamento em Santa Catarina. Ele disse que ainda não analisou o caso.
"Existe uma informação jornalística de que a senhora Ideli Salvatti usou um helicóptero que deveria ser utilizado em resgate de acidentes. Nós vamos verificar se isso ocorreu ou não, se existe alguma justificativa, e se ela é suficiente ou não". O conselheiro, que também é relator deste caso, deve apresentar o parecer na próxima reunião da comissão, marcada para 29 de janeiro.
Nesta manhã, a Comissão de Ética decidiu solicitar informações ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre a atuação no caso do envio de um dossiê à Polícia Federal com denúncias de esquema de corrupção no Metrô de São Paulo. Após receber o pedido, o ministro Cardozo terá dez dias para enviar os esclarecimentos ao órgão.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Desonerações fiscais causam perdas de R$ 3,36 bilhões aos municípios em 2013, diz a CNM

Economia



Desonerações fiscais causam perdas de R$ 3,36 bilhões aos municípios em 2013, diz a CNM
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/desoneracoes-fiscais-causam-perdas-de-r-336-bilhoes-aos-municipios-em-2013-diz-cnm
Dec 9th 2013, 18:25


Stênio Ribeiro

Repórter da Agência Brasil
Brasília – As desonerações fiscais patrocinadas pela União, com redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), custaram R$ 12,959 bilhões aos cofres públicos em 2013. Desse dinheiro, R$ 3,369 bilhões deixaram de irrigar o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que sustenta a maior parte das 5.564 prefeituras do país, de acordo com pesquisa divulgada hoje (9) pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.
Números da CNM mostram que, de 2009 a 2013, as desonerações somam R$ 34,683 bilhões, com prejuízo de R$ 9,017 bilhões para os municípios, considerando-se também o efeito no IPI Exportação, estimado em R$ 324 milhões neste ano. Para 2014 já estão estimadas desonerações de R$ 7,973 bilhões, dos quais R$ 2,073 bilhões serão deduzidos dos municípios, de acordo com Ziulkoski.
De 2009 a 2014, as desonerações somam R$ 42,656 bilhões, com prejuízo acumulado de R$ 11,09 bilhões às prefeituras, sendo R$ 10,025 bilhões a menos no FPM e R$ 1,066 bilhão que os municípios perdem por não arrecadarem IPI nas exportações. Apesar dessas perdas, o FPM teve transferências de R$ 72,847 bilhões em 2013, com aumento de 7,4% em relação aos R$ 67,633 bilhões do ano passado.
O presidente da CNM declara, contudo, que "houve crescimento considerável das despesas municipais", a começar pelos gastos com saúde, que consumiram 20,2% em média das transferências da União, no ano passado, e que este ano aumentaram para 23,2%. Segundo ele, "o pagamento dos salários do magistério no ensino básico só cresce, e com o aumento de 19,2% no piso nacional, em 2014, não haverá mais recursos para pagar salários, o que pode provocar colapso na maioria das prefeituras".
Se a situação atual já é complicada, com 65% dos municípios atrasados com os fornecedores, em torno de cinco meses, o cenário pode piorar ainda mais com o reajuste do salário mínimo em janeiro e a obrigatoriedade de construção de aterros sanitários até agosto do ano que vem, acrescentou. "Isso vai tornar mais difícil ainda a vida de 51,1% dos municípios que indicam que não fecharão suas contas este ano" disse. E são municípios de todos os portes, com déficit médio de 15,3% em relação aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Ziulkoski disse ainda que as prefeituras vão injetar em torno de R$ 15 bilhões na economia neste fim de ano, em decorrência do pagamento do 13º salário aos mais de 4,3 milhões de servidores municipais de todo o país, com média de R$ 3,475 mil por pessoa. Parte do dinheiro vai sair do 1% adicional do FPM, no valor de R$ 3,094 bilhões, transferidos hoje para as contas municipais.

Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Liberação de recursos do BNDES chega a R$ 146,8 bilhões até outubro deste ano

Economia



Liberação de recursos do BNDES chega a R$ 146,8 bilhões até outubro deste ano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/liberacao-de-recursos-do-bndes-chega-r-1468-bilhoes-ate-outubro-deste-ano
Dec 9th 2013, 18:13


Nielmar de Oliveira

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desembolsou, de janeiro a outubro deste ano, R$ 146,8 bilhões, volume 35% superior ao registrado no mesmo período de 2012. Embora o Programa BNDES de Sustentação do Investimento (BNDES PSI) tenha respondido pela maior fatia dos recursos liberados, com R$ 68,2 bilhões, destaca-se, ainda, o volume desembolsado para as micro, pequenas e médias empresas, que foi R$ 52,6 bilhões.
Segundo dados divulgados hoje (9) pelo banco, todos os setores apoiados pela instituição registraram desempenho positivo nos primeiros dez meses, com expansão de 31% nos desembolsos à infraestrutura (R$ 47,3 bilhões), 19% para a indústria (R$ 44,7 bilhões), 52% para comércio e serviços (R$ 40 bilhões).
As informações indicam ainda que o maior crescimento relativo foi para a agropecuária, com liberações de R$ 14,8 bilhões, 73% acima que as registradas entre janeiro e outubro do ano passado.
Pelo levantamento, as aprovações chegaram a R$ 167,7 bilhões, crescimento de 7% de janeiro a outubro. As consultas, no entanto, diminuíram 11% no período, atingido um total de R$ 222,5 bilhões.


Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Brasileiros sobem na vida e acreditam em condições melhores para os filhos

Economia



Brasileiros sobem na vida e acreditam em condições melhores para os filhos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/brasileiros-sobem-na-vida-e-acreditam-em-condicoes-melhores-para-os-filhos
Dec 9th 2013, 17:26


Andreia Verdélio

Repórter Agência Brasil
Brasília - O sonho de subir na vida é realidade para quase metade dos brasileiros. Levantamento inédito da Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 44% dos entrevistados tiveram melhora na classe social, em relação à classe que pertenciam na infância; 43% permaneceram na mesma classe social; e 10% disseram ter piorado em comparação à família.
A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira: Padrão de Vida foi feita em parceria com o Ibope e ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios. Para 63% da população essa escalada social está mais fácil hoje do que há dez anos, sendo que essa percepção é maior no Nordeste. Na região, 73% dos entrevistados identificaram essa possibilidade, ante 53% na Região Sudeste. No Sul e Norte, os consultados manifestaram percepções semelhantes, 68%, e no Centro-Oeste, 69%.
Para o gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, o objetivo do levantamento foi conhecer a percepção dos brasileiros entre gerações. "Olhando os indicadores de distribuição de renda, os índices de emprego, há uma melhora no padrão de vida e a sociedade está percebendo isso", disse.
Como determinante para essa elevação está a educação, segundo 95% dos entrevistados. A capacidade, inteligência ou talento, para 94%, também é essencial para vencer na vida, assim como o trabalho duro. Mas, apesar desses números, para quase um terço dos brasileiros (31%), ter nascido em uma família rica faz diferença para o sucesso no futuro.
Renato da Fonseca explicou que, quando a população tem consciência da importância da educação para o sucesso individual, isso aumenta a demanda e a cobrança para a melhoria do setor. "Um dos grandes problemas do Brasil é a educação. Mas se houve melhora em alguns índices, é porque houve mecanismos para isso, e precisamos descobrir o que deu certo", ressaltou o gerente da CNI.
O índice de satisfação também é alto, 94% estão em paz com a vida familiar e 69% com a vida financeira. Mas, apesar dessa satisfação, 74% não sabem como será a aposentadoria e 77% estão preocupados em perder o padrão de vida, embora, 84% acreditem que seus filhos vão evoluir para um padrão melhor.
A satisfação com a vida não elimina a preocupação com o futuro, e as pessoas estão mais satisfeitas com a moradia e a família do que com o emprego. "Esse é o impulso que precisamos para a economia crescer, já que ela é a somatória dos indivíduos. Essa preocupação vem acompanhada da vontade de melhorar e de continuar batalhando para que os filhos tenham um futuro", disse Renato.
Veja a íntegra da pesquisa no portal da CNI (link)

http://www.portaldaindustria.com.br/cni/imprensa/2013/12/1,29968/brasile...


Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Governo autoriza concessão de cinco portos privados no país

Economia



Governo autoriza concessão de cinco portos privados no país
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/governo-autoriza-concessao-de-cinco-portos-privados-no-pais
Dec 9th 2013, 15:46

Sabrina Craide

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A Secretaria de Portos (SEP) do governo federal anunciou hoje (9) a autorização da concessão de cinco novos terminais de Uso Privado (TUPs), localizados em Niterói (RJ), Porto Belo (SC), Guarujá (SP), São João da Barra (RJ) e Santos (SP). Os terminais são os primeiros concedidos após a entrada em vigor do novo marco regulatório do setor portuário, de junho de 2013, e vão movimentar carga geral, passageiros e granéis sólidos.
A SEP informou que também estão em análise final, na Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), autorizações para terminais privados no Espírito Santo (Aracruz), Pará (Barbacena, Itaituba e Juriti), Amazonas (três terminais em Manaus), Bahia (dois em Ilhéus) e Rondônia (Porto Velho). A estimativa é que os 15 empreendimentos gerem investimentos aproximados de R$ 6,4 bilhões.
Segundo a SEP, de agora em diante, o fluxo de concessão de terminais será contínuo, a partir da manifestação do interesse privado e da disponibilidade de área. A nova legislação estabeleceu que os interessados em obter a autorização para instalação portuária fora da área do porto organizado podem apresentar requerimento à Antaq a qualquer momento.
A estimativa do governo federal, considerando os atuais 59 empreendimentos em processo de autorização, é que exista um potencial de investimento do setor privado da ordem de R$ 11,4 bilhões.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Balança comercial inicia dezembro deficitária em US$ 275 milhões

Economia



Balança comercial inicia dezembro deficitária em US$ 275 milhões
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/balanca-comercial-inicia-dezembro-deficitaria-em-us-275-milhoes
Dec 9th 2013, 15:44

Mariana Branco

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A balança comercial brasileira abriu o último mês do ano com déficit (exportações inferiores às importações) de US$ 275 milhões. O valor resulta de US$ 4,18 bilhões em vendas externas e US$ 4,46 bilhões em compras do Brasil no exterior. No ano, o saldo acumulado está negativo em US$ 368 milhões. As informações relativas à primeira semana de dezembro foram divulgadas hoje (9) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
A média diária das exportações no período ficou em US$ 837,6 milhões, 15,2% abaixo do apurado em dezembro de 2012, US$ 987,4 milhões. Os produtos básicos petróleo bruto, algodão, café em grão, carne de frango, milho e minério de ferro puxaram a retração, registrando queda de 23,4%. As vendas externas de manufaturados também caíram, 11,2%, encabeçadas por aviões, bombas e compressores, óleos combustíveis, autopeças, açúcar refinado, veículos de carga e chassis com motor. As exportações de semimanufaturados foram as únicas em alta, com elevação de 2,9% em função deóleo de soja, alumínio, ferroligas, couros e peles, ferro, aço e celulose
Do lado das importações, houve crescimento de 2% na média diária da primeira semana de dezembro ante o mesmo período de 2012. A alta é explicada pelo aumento das compras do Brasil no exterior de aeronaves e peças (102,9%), farmacêuticos (39,8%), siderúrgicos (35,2%), aparelhos eletroeletrônicos (28,9%), plásticos e obras (20,7%) e equipamentos mecânicos (7,7%).
A interrupção programada de plataformas derrubou as exportações de petróleo em 2013 e contribuiu para resultados negativos na balança comercial. Apesar disso, na avaliação do governo, ainda pode haver encerramento do ano com pequeno superávit. Em entrevista para comentar os resultados da balança comercial de novembro, o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Daniel Godinho, disse que dezembro tende a ser um mês com menos importações, em razão das das férias coletivas da indústria e do fim das compras de Natal, cujos estoques são formados com antecedência.
Edição: Juliana Andrade
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Balança do agronegócio teve superávit de US$ 5,75 bilhões em novembro

Economia



Balança do agronegócio teve superávit de US$ 5,75 bilhões em novembro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/balanca-do-agronegocio-teve-superavit-de-us-575-bilhoes-em-novembro
Dec 9th 2013, 16:28

Mariana Branco

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A balança comercial do agronegócio teve superávit de US$ 5,75 bilhões no mês passado, resultado de US$ 7,16 bilhões em exportações e US$ 1,41 bilhão em importações. No ano, há saldo positivo acumulado de US$ 77,8 bilhões, graças a US$ 93,58 bilhões em vendas externas e US$ 15,7 bilhões em importações. Os números foram divulgados hoje (9) pelo Ministério da Agricultura. O complexo soja (grão, farelo e óleo), o setor sucroalcooleiro e as carnes novamente puxaram os resultados positivos.
No mês passado, as exportações do complexo soja somaram US$ 1,16 bilhão, valor 36,5% superior ao registrado em novembro de 2012. O complexo sucroalcooleiro respondeu por US$ 1,05 bilhão e, embora tenha ficado entre os itens com maior volume financeiro exportado, caiu 36,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado. As carnes, por sua vez, tiveram receita de US$ 1,43 bilhão no período e crescimento de 7,9%.
Com relação aos países de destino, os Países Baixos foram os principais compradores do agronegócio brasileiro em novembro, com gastos de US$ 657,7 milhões. O país ultrapassou a China, que desde fevereiro estava na primeira posição e no mês passado comprou US$ 657,6 milhões. De acordo com o Ministério da Agricultura, o fato se deve à redução acentuada dos estoques brasileiros de soja para exportação, já que trata-se do principal produto comprado pelos asiáticos. Países como Estados Unidos, Japão e Espanha reduziram as aquisições, respectivamente 41,2%, 36% e 22,7%.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Dilma destaca papel de concessões na ampliação da infraestrutura do país

Economia



Dilma destaca papel de concessões na ampliação da infraestrutura do país
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/dilma-destaca-papel-de-concessoes-na-ampliacao-da-infraestrutura-do-pais
Dec 9th 2013, 12:26

Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – A presidenta da República, Dilma Rousseff, destacou hoje (9) o papel das concessões na melhoria e ampliação da infraestrutura do país. Durante abertura da Clinton Global Initiative, promovido pelo ex-presidente norte-americano Bill Clinton, no Rio de Janeiro, Dilma disse que a renovação da infraestrutura, baseada na sistema de concessões, está ganhando um ritmo acelerado.
"Hoje cuidamos da renovação da nossa infraestrutura, com fortes investimentos governamentais e privados, baseado no sistema de concessões ao setor privado e que está ganhando ritmo acelerado. Investimos em parceria com a iniciativa privada em nossas rodovias, na melhoria e ampliação de nossos portos e na ampliação dos nossos aeroportos"
De acordo com a presidenta, pela primeira vez o país também está investindo em um projeto de expansão da malha ferroviária. Ela também lembrou que a expansão das linhas de transmissão e dos parques de geração de energia.
Dilma disse que é preciso investir na integração produtiva latino-americana para reduzir as desigualdades regionais. Segundo ela, é preciso ter uma complementariedade da indústria, agropecuária e do setor de serviços na região. Ela observou também que é importante aproveitar as vantagens proporcionadas pela geografia da América do Sul: o continente é banhado pelos dois principais oceanos do planeta, o Atlântico e o Pacífico.
Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Inadimplência cai 4%, mas economistas recomendam cautela nas compras de Natal

Economia



Inadimplência cai 4%, mas economistas recomendam cautela nas compras de Natal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/inadimplencia-cai-4-mas-economistas-recomendam-cautela-nas-compras-de-natal
Dec 9th 2013, 12:44

Marli Moreira

Repórter da Agência Brasil
São Paulo- Cerca de 20,6 milhões de brasileiros atrasaram o pagamento de contas entre janeiro e outubro deste ano. Apesar de alto, esse número é 4% inferior ao registrado em igual período de 2012 e o menor desde 2010. Os economistas da empresa de consultoria Serasa Experian advertem para o risco de um consumo exagerado que venha comprometer o orçamento doméstico. "Cuidado com as compras de Natal para não entrar em 2014 superendividado", alertam eles.
Os economistas recomendam que antes de sair para o comércio, é bom o consumidor fazer uma lista de presentes com os valores máximos que podem caber no orçamento. "A lista ajuda a não se empolgar e perder o controle", diz a nota da Serasa.
Na avaliação desses profissionais, o recuo do número de consumidores inadimplentes decorre de uma situação em que bancos estão mais rigorosos na concessão de crédito. Mas há outros fatores: os consumidores estão priorizando pagamento das dívidas, apelando inclusive para a renegociação.
Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Nova ferramenta da CEF permite consultar extratos do FGTS nos últimos 25 anos

Economia



Nova ferramenta da CEF permite consultar extratos do FGTS nos últimos 25 anos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/nova-ferramenta-da-cef-permite-consultar-extratos-do-fgts-nos-ultimos-25-anos
Dec 9th 2013, 11:59

Kelly Oliveira

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A Caixa Econômica Federal lançou nova opção para gerar e visualizar extratos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A nova ferramenta permite consultar, pela internet, o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS na Caixa. Antes, o trabalhador podia obter, pela internet, apenas os últimos seis registros. O serviço eletrônico "Extrato Completo" já está disponível nos endereços: www.caixa.gov.br e www.fgts.gov.br.
O trabalhador deverá cadastrar senha para acessos às informações, informando seu PIS e aceitando o "Termo de Cadastramento". Além do "extrato completo", o internauta encontrará os serviços como atualização de endereço, extrato por e-mail e serviços no celular.
A estimativa da Caixa é 2 milhões de acessos ao novo serviço até o final 2013. Nos últimos 12 meses, mais de 25 milhões de trabalhadores acessaram os serviços eletrônicos do FGTS. A Caixa enviou mais de 300 milhões de extratos diretamente para as residências desses clientes. A Caixa também disponibilizou, no período, consultas de saldo nos terminais de autoatendimento e enviou mais de 50 milhões de mensagens eletrônicas para o telefone indicado pelo trabalhador.
De acordo com a Caixa, ao optar pelo serviço de mensagens no celular, o trabalhador recebe, gratuitamente, informações da conta vinculada ao FGTS, como o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correções monetárias, a liberação de saque e outras movimentações. São enviadas duas mensagens por mês: uma referente ao recolhimento regular e outra referente ao crédito de juros e atualização monetária. A adesão a esse serviço inibe a geração de extrato bimestral do FGTS, contribuindo para a preservação do meio ambiente e redução do consumo de papel, diz a Caixa.

Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Manifestantes liberam via e ônibus voltam a circular na zona sul de SP

Economia



Manifestantes liberam via e ônibus voltam a circular na zona sul de SP
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/manifestantes-liberam-e-onibus-voltam-circular-na-zona-sul-de-sp
Dec 9th 2013, 11:24

Fernanda Cruz

Repórter da Agência Brasil
São Paulo – Cerca de 150 manifestantes que bloquearam a saída de mais de 400 ônibus que atendem ao extremo sul da capital paulista, na manhã de hoje (9), encerraram o protesto por volta das 9h30. O grupo liberou a passagem dos ônibus e seguiu em marcha pela Avenida Dona Belmira Marin em direção a dois terrenos ocupados, um no Jardim da União, e outro no Jardim Lucélia.
Segundo Simone Dias, coordenadora de frente do Movimento Rede Extremo Sul, está prevista a reintegração de posse dessas ocupações nesta semana. Ela informou que cerca de 2,9 mil pessoas residem nesses terrenos. "A gente quer conseguir entrar em um projeto junto com a Caixa Econômica Federal. Porém, eles falam que [há] uma fila de 1,2 milhão de pessoas", disse.
O ato de hoje bloqueou a saída dos ônibus como forma de chamar a atenção dos meios de comunicação, de acordo com Simone. "Queríamos impactar. Porque se a gente fizesse uma marcha em outro lugar não iria chamar tanto a atenção como aqui. A Viação Cidade Dutra atende a quase todo o Grajaú".

Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Instituições financeiras projetam queda do crescimento da economia de 2,50% para 2,35%

Economia



Instituições financeiras projetam queda do crescimento da economia de 2,50% para 2,35%
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/instituicoes-financeiras-projetam-queda-do-crescimento-da-economia-de-250-para-235
Dec 9th 2013, 10:56

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia, este ano, caiu de 2,50% para 2,35%. De acordo com a pesquisa semanal do Banco Central (BC) ao mercado financeiro, a estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, em 2014, também foi ajustada para baixo, de 2,11% para 2,10%.
A estimativa para a expansão da produção industrial foi ajustada de 1,69% para 1,63%, este ano e de 2,50% para 2,25%, em 2014.
A projeção das instituições financeiras para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB é 34,60% tanto para 2013 quanto para o próximo ano.
De acordo com a projeção das instituições financeiras, a previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) caiu de US$ 1,3 bilhão para US$ 1,25 bilhão, este ano e de US$ 7,85 bilhões para US$ 7,45 bilhões, em 2014.
A previsão para o saldo negativo em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) foi ajustado de US$ 79,85 bilhões para US$ 80 bilhões, este ano, e de US$ 71,8 bilhões para US$ 72,35 bilhões, em 2014.
A estimativa para a cotação do dólar segue em R$ 2,30, este ano, e de R$ 2,40, em 2014.
A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 60 bilhões tanto para 2013 quanto para o próximo ano.

Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Projeção para a inflação, este ano, volta a cair e fica em 5,70%

Economia



Projeção para a inflação, este ano, volta a cair e fica em 5,70%
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/projecao-para-inflacao-este-ano-volta-cair-e-fica-em-570
Dec 9th 2013, 09:02

Kelly Oliveira

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A projeção de instituições financeiras para a inflação em 2013 caiu pela quarta vez seguida. A nova estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 5,70%, ante 5,81% da previsão anterior. Para 2014, a expectativa é que a inflação seja maior. Mas projeção foi mantida, pela segunda semana seguida, em 5,92%. Essas estimativas são do boletim Focus, uma publicação semanal do Banco Central (BC), feita com base em pesquisa sobre os principais indicadores financeiros.
O IPCA é utilizado pelo Banco Central como medidor oficial da inflação do país. O índice serve de referência para o governo verificar se a meta estabelecida para a inflação está sendo cumprida.
Na última sexta-feira (6), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA em 12 meses encerrados em novembro ficou em 5,77%.
O BC tem de fazer com que o IPCA fique dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional. Esta meta tem como centro 4,5% e margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, por consequência, a inflação é a taxa básica de juros, a Selic.
Quando o Comitê de Política Moentária (Copom) do BC aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Neste ano, o Copom elevou a Selic seis vezes seguidas. A taxa encerra 2013 em 10% ao ano. A previsão dos analistas é que a Selic volte a subir em 2014, com continuidade do ajuste já em janeiro. A expectativa é que a taxa suba 0,25 ponto percentual na primeira reunião do próximo ano. Ao todo, a previsão é alta de 0,5 ponto percentual, com a Selic encerrando 2014 em 10,5% ao ano.
A pesquisa do BC a instituições financeiras também traz estimativa para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que foi ajustada de 3,97% para 3,86%, este ano, e de 5,40% para 5,39%, em 2014.
A projeção para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi alterada de 5,41% para 5,32%, este ano, e mantida em 6%, em 2014. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), a projeção foi mantida em 5,41%, em 2013, e altera de 5,98% para 6% no próximo ano.


Edição: José Romildo
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Caem pedidos de falência no país

Economia



Caem pedidos de falência no país
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/caem-pedidos-de-falencia-no-pais
Dec 9th 2013, 10:01

Marli Moreira

Repórter da Agência Brasil
São Paulo – A situação de solvência das empresas no país atingiu, em novembro, o segundo melhor desempenho do ano após ter apresentado em outubro o pior quadro do ano. Foram requeridas 131 solicitações de falência ante 181 pedidos registrados no mês anterior. Segundo a pesquisa Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, em novembro de 2012 as ações do gênero somaram 136. O levantamento mostra que ocorreram 75 solicitações no segmento das micro e pequenas empresas; 27 no de médias e 29 referentes às de grande porte.
De janeiro a novembro foram registrados 1.638 requerimentos ante 1.790 em igual período do ano passado. Os economistas da Serasa Experian justificaram que essa melhora é decorrente da queda dos níveis de inadimplência dos consumidores e da variação do número de dias úteis. Ele alerta, no entanto, para o fato de que as empresas estão "enfrentando uma situação de elevação de custos financeiros por conta dos sucessivos aumentos das taxas de juros".
O total de falências decretadas caiu de 74 para 62. Mas no acumulado desde janeiro, o número foi o mais elevado dos últimos três anos com 697 processos. Em 2012, tinham sido deferidos 649 pedidos e, em 2011, 603.
Edição: Denise Griesinger

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Alta da gasolina pressiona a inflação

Economia



Alta da gasolina pressiona a inflação
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-09/alta-da-gasolina-pressiona-inflacao
Dec 9th 2013, 08:50

Marli Moreira
Repórter da Agência Brasil
São Paulo- O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) atingiu variação de 0,72%, na primeira prévia de dezembro, o que representa um aumento de 0,04 ponto percentual sobre o resultado apurado no fechamento de novembro (0,68%). Essa alta reflete, principalmente, o avanço no grupo transportes (de 0,11% para 0,28%), com destaque para o reajuste da gasolina (de -0,21% para 0,61%).
O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) indica que quatro dos oito grupos pesquisados apresentaram acréscimos. Além do grupo transportes, os preços na média subiram com mais intensidade do que na pesquisa passada nos seguintes grupos: alimentação (de 0,92% para 0,96%); educação, leitura e recreação (de 0,55% para 0,70%) e comunicação (de 0,91% para 0,93%).
Em movimento inverso, houve decréscimos nos grupos saúde e cuidados pessoais (de 0,46% para 0,42%); despesas diversas (de 1,22% para 1,09%); habitação (de 0,82% para 0,80%) e vestuário (de 0,87% para 0,83%).
Os itens que mais influenciaram o avanço do IPC-S foram: tarifa de eletricidade residencial (de 2,80% para 2,58%); passagem aérea (de 18,88% para 19,20%); aluguel residencial (de 0,95% para 1,01%); tomate (de 11,17% para 14,97%) e refeições em bares e restaurantes (de 0,63% para 0,48%).

Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92



Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni