Inadimplência no comércio recua em dezembro, mas termina 2013 com alta de 2,33%

14 de janeiro de 2014

Economia



Inadimplência no comércio recua em dezembro, mas termina 2013 com alta de 2,33%
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-14/inadimplencia-no-comercio-recua-em-dezembro-mas-termina-2013-com-alta-de-233
Jan 14th 2014, 16:27


Wellton Máximo

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A inadimplência no comércio varejista caiu 4,44% em dezembro na comparação com o mesmo mês de 2012, informou hoje (14) pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Foi a quarta queda mensal seguida e a maior retração desde o início da nova série histórica, em janeiro de 2012.
Com o resultado, a inadimplência encerrou o ano passado em alta de 2,33%, com forte desaceleração em relação a 2012, quando tinha aumentado 12,18%. De acordo com a CNDL, as restrições ao crédito foram provocadas pelo aumento dos juros básicos da economia. Além disso, a exigência de mais garantias dos tomadores de financiamentos pelos bancos e pelos lojistas contribuiu para a redução do risco de atrasos nos pagamentos.
"A inadimplência veio em forte ascensão até o final do primeiro trimestre do ano passado, mas a tendência se inverteu a partir de abril, quando o Banco Central passou a aumentar sucessivamente a taxa básica de juros da economia, a Selic, o que encareceu a tomada de crédito no país, impactando o varejo como um todo. Desde então, o volume de atrasos nos pagamentos das compras a prazo passou a intercalar desacelerações com quedas", informou a CNDL em nota.
Os juros mais altos e o menor crescimento da economia refletiram-se na desaceleração das vendas no ano passado. De acordo com o levantamento, o volume de consultas ao banco de dados do SPC Brasil teve aumento médio de 4,12% em 2013, contra 7,76% em 2012.
De acordo com a CNDL, o Natal foi insuficiente para reverter a desaceleração das vendas observadas durante o ano. Em dezembro, as vendas subiram 28,65% em relação a novembro, abaixo do crescimento de 32,28% observado na mesma comparação em 2012. O desempenho no fim do ano, destacou a entidade, levou muitos lojistas a antecipar as liquidações em janeiro.
Apesar dos juros mais altos e das restrições ao crédito, a CNDL continua a projetar crescimento das vendas para 2014. No entanto, a expansão será menor que a do ano passado (4,12%). Segundo a entidade, as vendas deverão subir 4% este ano, já descontada a inflação. "O modelo de incentivos ao consumo está perdendo efeito no país e por isso, as vendas a prazo em 2014 devem crescer um pouco menos que em 2013", destacou a CNDL em comunicado.
Para a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, a Copa do Mundo ajudará o comércio, mas os efeitos serão concentrados em determinados setores. Segundo a entidade, o comércio de alimentos, bebidas, supermercado e produtos eletrônicos devem ser mais positivamente impactados do que outros, como os de vestuários e calçados, que vendem a prazo.

Edição: Aécio Amado
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/pnn/jxDP92

Espalhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário




Explore os canais Ouni

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Carros

Cultura
Famosos
MAXX FM
Música
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade"

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni